Minhas impressões sobre o III Moda Garden

18 de novembro de 2016 / 1 Comentário

Sempre quando eu penso em semanas de moda, vem a minha mente: maratonas de desfiles, fotógrafos, burburinho das pessoas, curiosidade… Os eventos de moda daqui da selva, eu faço questão de acompanhar independente de organizadores, é a forma que eu tenho de prestigiar a (tentativa) de profissionalização a cena fashion amapaense. Eu apoio a causa e me faço presente para que ela possa melhorar.

O evento da semana passada foi especial para mim e para o meu blog! Moda Garden 2016 trouxe não só moda, mas cultura amapaense ao colocar na passarela o Marabaixo e um desfile (meu preferido) de peças desenvolvidas por estilistas amapaenses com a padronagem das fases arqueológicas  da região do Maracá e de Cunani. Um projeto em parceria do SEBRAE/AP e IEPA que vale um post especial em breve!

evento-ags-10-11-16-moda-garden-primeiro-dia-337

No primeiro dia 10/11 (quinta-feira), houve um desfile sui generis, mesclado com tantos temas que precisamos falar e ouvir mais. Desfile plus size, turbantes, cor… Rejane Soares dona da empresa Zwanga African me emocionou com suas palavras, ao falar em alto e bom tom:  “falaram pra eu vender tacacá na rua, mas eu queria fazer moda e hoje estou aqui!”. Segurei o pranto na hora… É isso! Moda é isso! E não precisa estar em Nova York, Paris… Aqui mesmo! No meio do mundo, na selva!

evento-ags-10-11-16-moda-garden-primeiro-dia-140

Já viram o comercial do My Lily na TV? A modelo está com um estilo todo clássico e uma mega tatuagem nas costas

Outra surpresa do primeiro dia foi a minha estreia na passarela, a convite do O Boticário, fui a “garota Lily”. Desfilei borrifando a nova fragrância do Boticário, My Lily. Tinha que entrar séria na passarela, mas minha vontade era de gargalhar, acenar para os conhecidos. Será que eu estava nervosa?

evento-ags-10-11-16-moda-garden-primeiro-dia-187

Destaque para a sala de imprensa, uma novidade para influenciadores digitais e jornalistas. Um espaço digital com wifi, fotógrafo, interatividade e a equipe O Boticário para dar uma mãozinha no make (Obrigada Ellen Nunes pelo carinho e make). O ponto alto foi o bufê da empresa Alecrim (foto acima), um arraso em sabor!

evento-ags-10-11-16-moda-garden-primeiro-dia-203

Moda afro por Zwanga African

No segundo dia (11/11) sexta-feira, foi marcado pelo nosso ritmo Marabaixo (Mar a cima, mar abaixo que imita as ondas do Oceano Atlântico no triste episódio do tráfico negreiro da África para a América). Momento emocionante foi o vídeo com o relato de mulheres negras amapaenses sobre o preconceito vivido (sim isso existe e precisamos falar sobre isso!)

evento-ags-11-11-16-moda-garden-segundo-dia-50

Assessora de comunicação do Amapá Garden Shopping Flávia Fontes em meio as blogueiras: Fernanda (Blog da Feu), Lívia (Blog To Linda), eu (jungle girl) e Bárbara (Babi News)

evento-ags-11-11-16-moda-garden-segundo-dia-88

O Marabaixo tomou conta da passarela, achei muito rápido… Queria mais! Queria ver o canto e as modelos desfilando em volta… Por mais momentos assim!

evento-ags-11-11-16-moda-garden-segundo-dia-93

Verena Araújo

Jornalista, influenciadora digital (Blog da Ve), bombeira militar

evento-ags-11-11-16-moda-garden-segundo-dia-96

Hanna Paulino

Cantora de Heavy Metal, fashionista e colunista da Revista digital Dossiê

Último dia (12/11) sábado, a proposta para esse dia foi promoções, descontos, moda consciente… Opa , então é meu dia, né?! Sim, e eu fui convidada para falar um pouco da “Moda que cabe no bolso”. Ideia que há mais de três anos compartilho no nosso blog selvagem. Moda consciente não é moda barata, é saber comprar! Observar tecido, caimento, as possibilidades de uso.

15060418_1303406503036842_1285945461_o

Fotos de Rafael Kline

Não fiquei nervosa! Encarei como uma sala de aula (há mais de uma década sendo professora). Sabia que deveria despertar a plateia, fazer jus ao espaço dado! Garantir que minha voz (estridente muitas vezes) fosse ouvida. Moda vai além da roupa, de uma etiqueta! Notei que o público compartilha da minha realidade, com os sorrisos, acenos de cabeça, comentários mesmos em tom baixo. Essa noite foi das mulheres da selva!

img_1301

Eu amo falar de moda real! Eu amo ser a selvagem das promoções!

Eu pedirei licença agora, serei o “ladrão” do Marabaixo, eu começo o verso e você termina “Aonde tu vais rapaz? Nesse caminho sozinho, vou fazer minha morada lá nos campos do Laguinho…” Termine com a sua história, com o seu propósito de vida, com seu sonho… Porque aqui a passarela é nossa!

Abraços da Garota da Selva!

Maíse
Oliveira
#somostodosdaselva
você pode gostar...
1 Comentário
  • Alynne 11 de abril de 2017 às 9:02

    Já havia lido esse post, mas quando o li hoje, passado algum tempo depois do evento, me dei conta de como você tem habilidade para descrever as situações, cenários, nos envolvendo no tema de forma muito gostosa. Parabéns!

    Bjuuss!!

  • Deixe seu comentário